O SBT estrou na última segunda (27), a novela “Betty, a Feia em Nova York”, em substituição a “Abismo de Paixão”. A trama é uma adaptação baseada na clássica novela colombiana “Betty, a Feia”, que introduz uma personagem Betty moderna, mas que é confrontada com o mundo superficial e intimidador da alta moda de Nova York.


Nesse contexto, Betty embarca em uma jornada de transformação que a levará a encontrar o amor verdadeiro e tornar-se uma mulher forte e confiante, que desafia os rígidos padrões da moda. Para isso, a personagem terá como primeiro desafio o enfrentamento com sua própria autoestima e com a fé em si mesma como mulher e como profissional.

“Yo Soy Betty, la fea” foi criada originalmente por Fernando Gaitán em 1999 para a RCN da Colômbia, “Betty” ganhou notoriedade. Apenas no Brasil foi exibida em quatro oportunidades diferentes, sua versão original pela Rede TV!, o remake mexicano da Televisa intitulado “La fea más bella” transmitido pelo SBT, a adaptação brasileira “Bela, a feia” produzida pela Record TV e por fim sua primeira versão americana (em formato de série) produzida pela ABC e exibida pelo Lifetime denominada “Ugly Betty”.


“Betty, a Feia em Nova York” estreia no dia 27 de janeiro, às 18h no SBT. Nas primeiras semanas de sua exibição “Betty, a Feia em Nova York” fará dobradinha com “Abismo de Paixão”. E está disponível na Netflix também.